Muitos empreendedores começam os seus negócios, mas não sabem direito por onde começar, como escolher uma empresa que tenha menores taxas de impostos e que seja uma organização rentável um exemplo abertura de empresa simples

Com a criação da empresa simples Nacional, o governo teve a intenção de ajudar as empresas a pagarem menos taxas e fazer com que algumas burocracias sejam mais simplificadas.

Abertura de uma empresa Simples

Os custos para abertura uma empresa tudo vai depender de cada Estado que será abertura e o que onde empreendedor mora. Cada lugar tem uma política de incentivo e taxas diferentes de acordo com cada Estado e cidade. O melhor começo é que a pessoa procure um contador especializado, ele dará o caminho certo para fazer a abertura da empresa de quais taxas pagar e fazer a inscrição estadual da empresa.

Após outros tipos de burocracias, registros em cartório e o pagamento de algumas taxas, o empresário irá escolher um regime de tributação para sua empresa. Para participar do Simples Nacional, a organização precisa ter uma receita bruta de até R$ 3,6 milhões anuais. No próximo ano esse valor irá se estender para R$ 4,8 milhões.

A ideia do Simples Nacional foi passar os impostos federais, estaduais e municipais para uma única guia, com isso, a vida do empresário facilita consideravelmente. Esse regime foi criado em 2007 com o intuito de facilitar a vida do pequeno empresário, além de diminuir a carga tributária. Antes do Simples Nacional, os pequenos empresários pagavam cálculos semelhantes as alíquotas de grandes empresas, o que sobrecarregava quem estava começando ou queria apenas ter um pequeno negócio.

Minha empresa pode ser Simples Nacional?

Os especialistas na área de tributos recomendam que a empresa que tenha muitos gastos com rendimentos do pró-labore e remuneração autônomos, opte pelo Simples. Mesmo assim é interessante o empreendedor entrar em contato com um contador de confiança para saber qual o melhor regime de tributação para a empresa.

O Simples Nacional foi criado para beneficiar empresas pequenas ou microempresas. Os microempreendedores são considerados aqueles que tiveram receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil no ano. A empresa de pequeno porte é aquela que teve uma receita bruta maior que R$ 360 mil, mas igual ou menor que R$ 3,6 milhões anuais.

Outros empreendimentos que podem adotar o Simples Nacional são o Microempreendedor individual (MEI), que tem receita anual de até R$ 60 mil; a Empresa Individual (EI); a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI); e a Sociedade Limitada (LTDA).

Contabilidade Olimpia no Pequenas Empresa & Grandes Negocio

 

Ainda possui dúvidas sobre abertura de empresa?

FALE COM NOSSOS PROFISSIONAIS E TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS!

Atendimento






Estamos online e pronto para te ajudar é grátis!

WhatsApp chat