Empresa simples nacional precisa de certificado digital

Agora o certificado digital para empresas tributadas no simples nacional são obrigatórias


O meio da resolução CGSN nº 122, fica obrigatório, a existência de Certificado Digital para empresas optantes pelo Simples Nacional. O Comitê Gestor do Simples Nacional de 27/08/2015 aprovou a Resolução CGSN nº 122, publicada no DOU. A certificação digital poderá ser exigida para entrega da GFIP ou para entrega eletrônica do e-Social:

A partir de 01/01/2016, a Certificação Digital será exigida também para entrega aos Estados, de informações relativas à substituição tributária, diferencial de alíquota ou recolhimento antecipado do ICMS, desde que a empresa esteja obrigada a emissão de documento fiscal eletrônico.


Mas o que é Certificado Digital?

Além disso, ainda tem validade jurídica para ser usado como assinatura, comprovando que o proprietário concorda com o documento assinado. Hoje em dia , os Certificados que mais se destacam são o e-CPF e o e-CNPJ, que são utilizados em várias situações, inclusive no sistema da Receita Federal.

  • Até 31 de dezembro de 2015, para empresas com mais de 10 (dez) empregados;
  • A partir de 1º de janeiro de 2016, para empresas com mais de 8 (oito) empregados;
  • A partir de 1º de julho de 2016, para empresas com mais de 5 (cinco) empregados.

São documentos eletrônicos criados para identificar pessoas, físicas ou jurídicas, pelo uso de criptografia, a tecnologia que assegura o sigilo das informações. Outra vantagem da Certificação Digital é a garantia de privacidade, confiança e integridade de diversas operações feitas via internet.

Mas o que é Certificado Digital?

Além disso, ainda tem validade jurídica para ser usado como assinatura, comprovando que o proprietário concorda com o documento assinado. Hoje em dia , os Certificados que mais se destacam são o e-CPF e o e-CNPJ, que são utilizados em várias situações, inclusive no sistema da Receita Federal.